"TÉCNICAS PARA RECRUTAMENTO & SELEÇÃO"
"SAIBA PLANEJAR PARA CRESCER"
"TREINAMENTOS IN COMPANY"
"PALESTRAS DE ALTA PERFORMANCE"
"GESTÃO DAS RELAÇÕES & COMPORTAMENTO HUMANO"
"ASSOCIATIVISMO"
"GESTÃO DO CONHECIMENTO"
"WORKSHOP PARA LIDERANÇA"
"GESTÃO DO VAREJO"
"MOTIVOS + AÇÃO = MOTIVAÇÃO"
"EDUCAÇÃO CORPORATIVA"
Prof. José Luiz Mazolini. O Brasil Inteiro Conhece!
"CONSULTORIA EM INSTITUIÇÕES DE ENSINO"
"VAREJO SUSTENTÁVEL"
"COMO PREPARAR LOJA E EQUIPE PARA VENDER MAIS"
"GESTÃO FINANCEIRA PARA COLÉGIOS PARTICULARES"
"ESTRATÉGIAS DE NEGOCIAÇÃO"
"MARKETING ESPORTIVO"
"FAZER FORTUNA COM VENDAS DIRETAS"
"RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTEL"
"ESTRATÉGIAS DE MARKETING PARA O VAREJO"
"COMUNICAÇÃO & RELACIONAMENTO"
"TÉCNICAS DE LIDERANÇA QUE INSPIRAM SEGUIDORES"
"LIDERANÇA PARA FAZER ACONTECER"
"ADMINISTRAÇÃO DO PORTIFÓLIO DE CLIENTES"
"VISÃO MULTIDISCIPLINAR"
"COMO ATRAIR PATROCÍNIOS PARA ATLETAS E CLUBES"
"FORMAÇÃO PROFISSIONAL PARA JOVENS"
"CONSULTORIA JURÍDICA"
"GESTÃO ESTRATÉGICA DE CARREIRA PROFISSIONAL"
"CONSULTORIA EMPRESARIAL"
"GESTÃO ESTRATÉGICA DO CAPITAL HUMANO"
"ESTRATÉGIA DE CLIENTES"
"ORIENTAÇÕES PARA MARKETING DE MULTINÍVEL"
"ECONOMIA & MERCADO"
"ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA"
"ADMINISTRAÇÃO DA PRODUÇÃO"
"CIRCUITO BRASILEIRO DE MARKETING & VENDAS"
"CENÁRIOS E COMPETITIVIDADE"
"PALESTRAS ACADÊMICAS"
"EMPREENDEDORISMO"

De: 22/08/2009 14:08:18PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO

TURBULÊNCIA NA ECONOMIA GLOBAL

Entre na Onda do Planejamento para CRESCER 

A assustadora “turbulência na economia global”, por muitos chamada de crise, iniciada nos Estados Unidos, está atingindo, em cheio os negócios mundo a fora, principalmente daquelas empresas que não dão ou nunca deram atenção para um fator determinante e extremamente vital para o direcionamento empresarial - o planejamento. 

O planejamento estratégico, na vida pessoal, profissional ou empresarial, observadas as suas flexibilidades e especialmente a excelência na aplicabilidade das estratégias e táticas, é necessariamente o instrumento que norteia, ou seja, dá o rumo aos objetivos, sonhos, sucesso, etc. 

No dia-a-dia como consultor empresarial e professor universitário e muitas experiências vividas ao longo dos anos, tenho conversado com empresários dos mais diversos setores e proporções e também com alunos que questionam quase sempre a mesma coisa. “O que fazer diante dessa terrível crise”? 

Antes, devo dizer que já vivemos tantas e piores crises do que essa, se considerarmos que o Brasil vive uma nova realidade. Quem não se lembra da crise do petróleo influenciando negativamente em quase todos os segmentos das cadeias produtivas, da loucura que era a inflação da nossa, até então, descontrolada economia superando os 100%, ocorridas lá pelas décadas de 80 e 90, entre outras. De todo modo, procuro fazê-los entender que as crises sempre existiram e inevitavelmente sempre existirão, principalmente para aqueles empresários, executivos de negócios e gerentes, que não se prepararam, ou melhor, não se planejaram para o futuro dos seus negócios, em nome da própria permanência no mercado. 

Em poucas palavras eu poderia simplesmente responder que, a CRISE está na cabeça das pessoas – eu acredito na força do trabalho – ou, diante da CRISE, CRIE, ou, tire o “S” da CRISE. Porém, sei que existem determinadas realidades onde as coisas não são, para muitos, tão simples assim. Entendo que na maioria das vezes estou diante de pessoas que herdaram de seus pais ou avós, empresas ou negócios de qualquer segmento que já praticavam a mesmice,  durante anos, muitos anos, cujo sistema de controle, por exemplo, era o caderninho – o chamado anotai -  e permanecem até os dias de hoje, portanto, sem saber para qual direção estão caminhando os seus negócios. Também existem aquelas pessoas que influenciadas por sonhos ou mesmo por terem deixado o emprego, optaram pela chamada carreira solo e empreenderam um novo negócio, sem antes buscar orientações sobre o mercado de atuação, posicionamento, demanda, estratégias, público alvo, competitividade, etc., onde permanecem as duras penas, derrapando, assustados com o que chamam de crise e o pior, sem sair do lugar. Esses, certamente serão atropelados pelos competidores. 

O que significa “crise” para uns, poderá ser “oportunidade” para outros. Sim, é verdade! Enquanto alguns choram outros fabricam lenços. De que lado sua empresa está? 

Assim como uma simples dor de cabeça sinaliza que algo precisa ser melhorado na saúde pessoal, afirmo que a crise é um sinal de alerta para as empresas. É a oportunidade que os empresários ou executivos de negócios  têm para avaliar como está a saúde dos seus negócios, o que e como está sendo feito de positivo ou negativo hoje, que certamente determinará como será o seu futuro. Além disso, é a oportunidade de identificar como estão sendo desenvolvidas e aplicadas as estratégias  de alinhamento gerencial e organizacional em torno dos objetivos da empresa, ou seja,  fiéis ou não à missão, visão, estratégias e valores. 

Embora o cenário aponte elevado índice de mortalidade precoce, antes dos cinco anos de existência, tendo como principal motivo a falta de conhecimento e principalmente de planejamento, segundo dados do SEBRAE, algumas empresas conseguem iniciar suas atividades e permanecer por mais tempo até certo ponto e, em determinados casos, com relativo sucesso. Isso não significa dizer que tudo o que funcionou ou deu certo durante anos, continuará dando certo daqui para frente, pois, a competitividade do mundo pós-globalizado dos negócios está avançando e mudando em velocidade estonteante e é preciso acompanhar e assimilar esses avanços e mudanças para se tornar competitivo. 

Diante dessa realidade as empresas necessariamente e prioritariamente devem buscar orientações do profissional  especialista nas áreas de consultoria e gestão profissional, empresarial e marketing que identificará as necessidades e definirá a elaboração do um planejamento estratégico que norteará as ações da empresa, cujo objetivo é organizar, estruturar e conseqüentemente aumentar a produtividade e crescer de maneira sustentável. 

DICAS DE SUCESSO:

Planejar é extremamente necessário, alinhando os objetivos e as metas.

Consolidar parcerias saudáveis.

Estabelecer relacionamentos do confiança entre os pilares de sustentabilidade: Empresa

Equipes

Clientes

Fornecedores

Mercado

Administrar as finanças:

Baixar os custos, aumentando a produtividade

Minimizar desperdícios, maximizando lucratividade

Controlar efetivamente os estoques:

Comprar bem para vender melhor

Investir na valorização do ativo – capital humano.

Treinar e motivar as equipes de colaboradores.

Investir em inovação e tecnologia.

Observar o que está acontecendo à sua volta e seguir em frente, sempre!

O sucesso é fruto das constantes, persistentes e eficientes buscas.

_________________________________
Prof. José Luiz Mazolini
O Brasil inteiro conhece!
contato@mazoliniconsultoria.com.br

Parceiros Abaixo
Colégio Americano DoctumCORREIO CAPIXABARede Doctum de EnsinoFaculdade UCLCESCONETO ATACADOPortalflexUNIVERSIDADE NORTE DO PARANÁ - UNOPARFaculdade Estácio de SáAssociação Comercial de VitóriaAsociação dos Empresários de Serra -ES

Assine nossa Newsletter Cadastre-se para receber informativos




E-mail:contato@mazoliniconsultoria.com.br - Tel.:(27) 3328.5969 - Cel.: (27) 9991.5729

©2019 Agência Kairós